A fascinante reação química que ocorre na preparação de um ovo centenário chinês

A série Reactions da American Chemical Society analisou a preparação de um ovo tradicional chinês conhecido como pidan, observando as fascinantes reações químicas que ocorrem quando a preparação especial de fermentação permeia a casca do ovo de pato (o mais tradicional), galinha e codorna ao longo de vinte dias. O prato não tem lá uma cara muito boa, mas dizem que tem um sabor característico muito gostoso, ainda que eu duvide que algo com cheiro de enxofre possa ser saboroso.

O vídeo não abunda no assunto, mas a descoberta do acepipe aconteceu de forma casual ainda na dinastia Ming (uns 600 anos atrás), quando um agricultor, que acabara de construir sua casa, descobriu uma grande quantidade de ovos de pato enterrados no cal. Ninguém sabe o motivo pelo qual o homem decidiu experimentar aqueles ovos, mas gostou tanto que decidiu fazer mais, acrescentando o sal para melhorar seu sabor.

O vídeo tem legendas em inglês, então basta usar o tradutor do próprio player.

A verdade é que a culinário tem um relacionamento estanho com o preparo de ovos. Se já não bastasse esta estranha receita dos ovos centenários, também há uma iguaria chamada dan Tongzi (ovos de virgem ou de menino), que é listado como patrimônio cultural de Dongyong. Os ovos são pré-cozidos em urina de meninos. Argh! Eca!

Artigos Recomendados


×
Gatos No Face