Ficar no celular enquanto usa o banheiro pode causar doenças graves, alertam especialistas

Estudos revelaram que usar o celular no banheiro pode aumentar riscos de doenças como hepatite e salmonela.

É um hábito no mínimo curioso, porém há quem faça: usar o celular enquanto está sentado na privada. Com a chegada da tecnologia e dos dispositivos móveis, ler um jornal ou revista enquanto faz suas necessidades ficou pra trás, sendo substituídos pelos celulares. Além de bastante anti-higiênico, o uso do celular no banheiro pode trazer diversos riscos para a saúde.

Os especialistas em microbiologia e saúde ambiental Charles Gerba e Kelly Reynolds, da Universidade do Arizona nos Estados Unidos, explicam que por mais que o ambiente do banheiro aparente estar limpo, provavelmente está repleto de germes e bactérias, muitos vindos das próprias fezes. As áreas contaminadas incluem principalmente a descarga, a torneira e o chão.

 

Agora imagine: ao usar o banheiro com o celular em mãos, todos os germes desse ambiente facilmente vão parar no celular, que é usado e manuseado diariamente e quase o tempo todo pelas pessoas. O estudo realizado e publicado pela Universidade do Arizona mostrou que nove em cada dez celulares possuem micróbios que podem causar doenças sérias como hepatite, infecções por salmonela, conjuntivite e infecções respiratórias.

Outro erro muito comum: deixar o celular cair acidentalmente dentro da privada, e depois deixá-lo secando no arroz. Apesar de absorver a umidade, isso não mata os milhares de germes e micróbios presentes nele. É preciso higienizá-lo, sempre!

E o mais importante, é claro, parar de levar o celular para o banheiro.

Fique atento em relação a estas dicas para que você poça se prevenir e evitar todas essas doenças.

Artigos Recomendados