7 acidentes horríveis que aconteceram em parques de diversão

E quem é a criança ou adolescente que nunca foi a um local como esse para se divertir, não é mesmo?

Os parques de diversão são o grande alvo de turistas e principalmente de jovens que estão de férias. A maioria das grandes cidades contam com esse tipo de entretenimento.

E quem é a criança ou adolescente que nunca foi a um local como esse para se divertir, não é mesmo?

A grande questão, na realidade grande problema, é que por envolver uma série de máquinas radicais, muitas vezes o que era para ser apenas diversão pode acabar em tragédia.

Por mais que um brinquedo possa ser considerado seguro, é fato que riscos sempre existem.

Afinal estamos falando de aparelhos que levam nossos corpos a situações de risco extremo.

E aparentemente a graça é exatamente essa. Pensando em tudo isso, nós aqui da  Segredos do Mundo, reunimos os 7 casos trágicos e fatais onde terríveis acidentes ocorreram em parques de diversão.

Confira:

1- Kings Island: Ohio, Estados Unidos

O dia  9 de junho de 1991, foi considerado um dia amaldiçoado para o parque  Kings Island.
Nesse mesmo dia, dois acidentes independentes ocorreram e dizimaram a vida de 3 visitantes do parque.

O primeiro deles, ocorreu quando  Timothy Binning, de 22 anos deixou um objeto pessoal cair dentro de um lago do parque. Ao se curvar na tentativa de recuperar o seu pertence, ele acabou caindo dentro da água.

Ao ver aquela cena, um amigo,  William Haithcoat (21) e um segurança,  Darrell Robertson (20), pularam na água na intenção de ajudar.

O que ninguém sabia é que uma intensa corrente elétrica passava pelas águas do lago naquele instante. Timothy Binning foi o único sobrevivente.

Nesse mesmo dia, apenas alguns instantes mais tardes, poucos sabiam, mas outra tragédia estava próxima de acontecer.  Candy Taylor, uma mãe de uma criança de 2 anos de idade, estava no brinquedo  Flight Commander (foto), quando foi arremessada. A queda levou Candy a óbito na mesma hora.

2- Oakwood Theme Park: Pembrokeshire, Gales

No ano de 2004,  Hayley Williams (16), visitou o parque  Oakwood Theme Park, acompanhada de sua família.

Ao irem na famosa montanha-russa aquática do parque, o cinto de segurança se soltou. Hayley foi arremessada de 30 metros de altura, e veio ao óbito assim que chegou ao hospital.

O parque acabou sendo multado em 250 mil dólares, afinal foi comprovada negligência em relação a segurança do brinquedo. O Oakwood Theme Park acabou fechado temporariamente, sendo reaberto mais tarde com um novo nome.

3- Action Park: New Jersey, Estados Unidos

Você já ouviu falar em parque de diversão amaldiçoado? Talvez esse parque seja esse aqui!

Action Park de New Jersey, já foi considerado o parque mais perigoso do mundo. Lá ocorreram um total de 6 mortes: 3 por afogamento, 1 eletrocutado, 1 ataque cardíaco devido a água muito gelada, e segue a lista.

Um dos piores acidentes ocorreu em um brinquedo chamado  Alpine, onde um homem foi arremessado e acabou batendo a sua cabeça em uma pedra.

Os acidentes eram tão frequentes devido as negligências do local, que o parque acabou sendo fechado definitivamente em 1998.

4- Six Flags Great Adventure: New Jersey, Estados Unidos

Considerado o maior acidente em parques da história, o que ocorreu no  Six Flags foi um verdadeiro caso de horror.

Tudo ocorreu no brinquedo mais tenebroso do parque: a casa do horror. Nessa atração os visitantes podiam caminhar por um castelo mal assombrado. Ali funcionários passeavam usando fantasias, neblina falsa era utilizada para criar a atmosfera assustadora do brinquedo.

O que ninguém imaginava, é que algo realmente bizarro aconteceria ali dentro. Um grande incêndio tomou conta do castelo.

Na ocasião a grande maioria dos visitantes e funcionários conseguiram escarpar com vida. Mas nem todos tiveram a mesma sorte, e 8 adolescentes morreram carbonizados.

O acidente que ocorreu em  11 de maio de 2004 foi tão grave que para conseguir identificar os corpos, foi preciso recorrer a análise das arcadas dentárias.

5- Six Flags Darien Lake: New York, Estados Unidos

Outro acidente fatal ocorreu em um parque da mesma franquia de New Jersey. No ano de 2011, um ex-sargento chamado  James Hackemer decidiu andar na montanha russa do local. Se tratava de um desafio pessoal, visto que o próprio havia perdido as duas pernas durante a guerra.

Para reparar a falta dos membros o ex-sargento usava duas próteses de metal. Segundo a família os funcionários do parque não souberam como acomodar James de maneira segura no brinquedo.

O resultado, foi que o ex-sargento acabou sendo arremessado de uma altura de  60 metros. A sua queda foi inevitavelmente fatal.

6- Expoland Park: Japão

Expoland Park no Japão tinha uma atração bastante procurada: a montanha russa  Fujin Raijin II. Nesse brinquedo os passageiros iam de pé, e eram presos a estrutura por travas de segurança.

Em  5 de maio de 2007, a plataforma acabou se desgrudando dos trilhos. Uma mulher veio a óbito e outras 21 pessoas ficaram gravemente feridas.

7- Hopi Hari: São Paulo

É praticamente impossível falarmos de tragédias em parques de diversão sem mencionarmos o caso brasileiro que ocorreu no  Hopi Hari.

O incidente ocorreu no brinquedo chamado  La Tour Eiffel. Na ocasião  Gabriela Michimura, de apenas 14 anos de idade não teve a sua trava se segurança fechada adequadamente.

Por esse motivo ela foi arremessada de  70 metros de altura, em uma velocidade de  94km/h.
Devido a queda Gabriela teve traumatismo craniano, e faleceu após uma parada cardíaca.

Mas e então queridos leitores, qual desses casos é o mais assustador na sua opinião? Conta isso e muito mais aqui embaixo pelos comentários!

Se você se interessou pelo assunto, descubra também quais foram os “5 mais agoniantes acidentes das Olimpíadas brasileiras”. 

Fontes: FatosDesconhecidos, Cbc,Oddee. 

Artigos Recomendados


s