Essas estranhas ondas quadradas ao redor de uma ilha indicam perigo

Na natureza, há milhares de fenômenos que desconcertaram a humanidade por milênios. A maioria são tão bonitos quanto impressionantes. As águas do sul da França são o lar da ilha de Ré, que tem praias fantásticas, onde ainda é possível ver vestígios de antigos bunkers nazistas.

Parece que é uma ilha como qualquer outra na área. Mas há algo que a distingue do resto.

A olho nu, as ondas que se formam na sua costa parecem formar um tabuleiro de xadrez. A visão é tão espetacular que o farol é um ponto de encontro para turistas e habitantes locais que desejam apreciar o estranho fenômeno que, embora os antigos pensassem ser formado por uma força mágica, há uma explicação científica para isso.

Ao lado de dois mares, no que é conhecido como Cruce los marres, é onde a ilha de Ré está localizada. Sob a superfície da água, os diferentes sistemas de ondas cruzam em um ângulo oblíquo (o que não é reto), quando as condições permitem que esses padrões sejam mantidos,é então que essas ondas quadradas podem ser produzidas.

Além da beleza inegável deste fenômeno, é importante enfatizar que é igualmente perigoso para os banhistas. As fortes correntes geradas podem desencadear outras correntes de ressaca, os objetos soltos, como ramos ou lixo, bem como pessoas podem ser arrastadas por essas correntes, para longe da costa, com muta intensidade.

O perigo real não deve ser ignorado, o ideal é não entrar na água, mas muitos banhistas se arriscam e entram em pânico ao serem puxados. Eles tentam nadar contra a corrente, ficando rapidamente cansados e logam afundam. A chave para escapar não é nadar contra ela, mas paralela à costa, escapando dessa maneira.

Sem dúvida, um fenômeno incomum que, mesmo depois de conhecer sua causa, nos deixa espantados por sua beleza e particularidade.

Artigos Recomendados