Funcionária ri de uma mulher mais velha no supermercado – mas a resposta da avó deixou-a sem palavras

Funcionária ri de uma mulher mais velha no supermercado – mas a resposta da avó deixou-a sem palavras

As gerações mais velhas têm muita experiência de vida e também contribuíram muito para a evolução da sociedade. Infelizmente, essas pessoas nem sempre têm o respeito que merecem. Os jovens pensam que sabem mais do que os idosos, e que são mais úteis e mais cultos do que os anciãos. Uma funcionária, com ar de superioridade, também começou a rir de uma mulher mais velha no supermercado. No entanto, a resposta da avó viralizou, e já foi compartilhada mais de 1,5 milhões de vezes no Facebook. Não é difícil de entender o porquê!

Não sabemos as origens da história, ou se ela é ou não real. Mas uma coisa é certa: o seu conteúdo é valioso e sem dúvida uma lição para todos nós!

Pixabay

A história começa com uma mulher idosa se aproximando da funcionária do caixa. Quando a avó pediu sacos, a mulher começou a rir e disse que ela era inculta e mal formada. “Os sacos de plástico não são bons para o meio ambiente,” disse.

A idosa pediu desculpas e tentou explicar: “Não tínhamos consciência ambiental naquela época.” Em vez de aceitar essa resposta, a funcionária continuou: “Esse problema é nosso hoje. A sua geração não se importou o suficiente para salvar o ambiente para as gerações futuras”.

Foi nessa altura que a anciã não aguentou mais e respondeu algo que todos deveriam ler:

“Naquela época, devolvíamos as garrafas de leite, de refrigerante e de cerveja à loja. A loja mandava-as de volta à fábrica para serem lavadas, esterilizadas e reabastecidas. Elas usavam as mesmas garrafas repetidas várias vezes. Então, elas realmente eram recicladas. Mas nós não não tínhamos ‘consciência ambiental’ naquela época.”

Ela continuou: “As mercearias ensacavam os nossos mantimentos em sacos de papel pardo, que eram reutilizados para inúmeras coisas. O mais memorável, para além do lixo doméstico, era o uso de sacos de papel pardo como capas para os livros da escola. Isso era para garantir que a propriedade pública (os livros fornecidos para o nosso uso pela escola) não ficasse desfigurada pelos nossos rabiscos. Depois, podíamos personalizar nossos livros com os sacos de papel pardo. Que pena, não tínhamos ‘consciência ambiental’ naquela época.

Pixabay

Naquela época, tínhamos uma TV ou rádio em casa – não uma TV em todos os cômodos. E a TV tinha uma tela pequena do tamanho de um lenço. Você se lembra deles? Não tínhamos uma tela do tamanho de um país inteiro. Na cozinha, nós misturávamos e mexíamos à mão porque não tínhamos máquinas elétricas para fazer tudo por nós.

Quando empacotávamos um item frágil para enviar pelo correio, usávamos jornais velhos para amortecê-lo, não plástico bolha. Naquela época, não ligávamos o motor e queimávamos gasolina apenas para cortar o gramado. Nós usávamos um cortador de grama que funcionava com energia humana. Nós nos exercitávamos trabalhando para que não precisássemos ir a um ginásio correr em esteiras que operam com eletricidade. Mas você está certa; nós não tínhamos ‘consciência ambiental’ naquela época.

Naquela época, nós lavávamos as fraldas do bebê porque não tínhamos as de deitar fora. Nós secávamos roupas em uma linha, não em uma máquina devoradora de energia queimando 220 volts. Vento e energia solar realmente secavam as nossas roupas antigamente. As crianças usavam roupas de segunda mão de seus irmãos ou irmãs, nem sempre roupas novinhas em folha.

Pixabay

Naquela época, as pessoas pegavam um ônibus e as crianças iam de bicicleta para a escola ou andavam em vez de transformar suas mães em um serviço de táxi 24 horas… Não é triste que a geração atual lamente o quanto nós somos velhos e inúteis porque não tínhamos ‘consciência ambiental’ naquela época?”

A funcionária do caixa ficou sem palavras. A mulher mais velha agarrou nos sacos e saiu do supermercado. Tenho certeza de que a jovem vai pensar duas vezes antes de pensar que os idosos são incultos e inúteis. C ompartilhe a história se você concorda e pensou que a idosa deu uma resposta perfeita!

Fonte: Newsner

Artigos Recomendados


×
Gatos No Face