10 lugares naturalmente mais perigosos do mundo! O últimmo é mais estranho!

Estrada da Morte, Porta do Inferno e Ilha do Medo. Se você está pensando que essa lista vai tratar de filmes de terror, se enganou. Esses são apelidos dados a locais que realmente existem e são perigosos principalmente pelas suas características naturais, ou seja, sem grande intervenção humana.

As paisagens a seguir não deveriam ser visitadas por ninguém que busque tranquilidade e segurança. No entanto, em respeito aos aventureiros de plantão, o Guia separou os locais mais perigosos do mundo em sua natureza. Confira e saiba onde ir ou não ir nas próximas férias.

?

1. Ilha da Queimada Grande, litoral de São Paulo, Brasil.

Para começar a lista, nada como uma paisagem localizada pertinho dos brasileiros. A Ilha da Queimada Grande não é o lugar ideal para quem não gosta ou tem medo de cobra. A cada 1 m² você vai encontrar 5 cobras Jararaca-Ilhoa, espécie que desenvolveu um veneno que mata imediatamente. Não é por acaso que apenas pessoas autorizadas podem frequentar o local, no caso, pesquisadores ou estudiosos. Quem quiser se arriscar é só arrumar um veículo aquático e navegar 35km da costa de Itanhaém.

2. Caverna dos Cristais, México

Além de ser um dos lugares mais perigosos do mundo, a Caverna dos Cristais também pode ser considerada como um dos mais bonitos. A imagem explica o porquê. Cristais de mais de 12 metros de altura e 4 metros de diâmetro tornam a caverna um dos maiores depósitos de zinco, prata e chumbo do mundo. Você ainda não entendeu o perigo, certo? A temperatura do ambiente é de 50°C e a umidade do ar fica perto dos 100%. Apenas pesquisadores tem acesso ao local e utilizam roupas especiais. Se você entrar na caverna por engano, vai aguentar apenas 10 minutos. 

3. O Jardim Venenoso de Alnwick, Inglaterra

Os belos jardins europeus sempre impressionam por sua beleza e organização. No entanto, em Alnwick (Inglaterra) nem tudo são flores. O “Poison Gardem”, ou jardim venenoso, abriga mais de 100 espécies das plantas mais venenosas do mundo, inclusive algumas que matam um ser humano em minutos com apenas um toque. Visitas monitoradas podem ser feitas. O local já foi usado como cenário nos dois primeiros filmes da saga Harry Potter.

4. Ilha Ramree

Os pântanos da Ilha Ramree, localizada na Birmânia, abrigam uma versão real de todos os filmes de crocodilos gigantes que já foram produzidos em Hollywood. Durante a Segunda Guerra Mundial, cerca de 1000 soldados japoneses foram obrigados a atravessar os manguezais infestados de crocodilos de água salgada. Apenas 20 sobreviveram. Alguns foram mortos por doenças tropicais e outros sufocados pela lama profunda. No entanto, a grande maioria foi devorada pelos répteis.

5. Estrada Yungas, Bolívia

Mais um filme que vira realidade na nossa lista: A Estrada da Morte. É assim que a estrada Yungas, na Bolívia, é chamada. Construída na década de 1930, a estrada tem cerca de 64 quilômetros e foi aberta na lateral de uma série de montanhas que chegam a 5 mil metros de altitude. Isso sem contar que a largura varia entre 4m e 7m. Cerca de 250 pessoas morrem todo o ano devido a quedas e deslizamentos de terra.

6. Chernobyl, Ucrânia

Em 1986 o reator 4 da Usina Nuclear de Chernobyl

na Ucrânia, sofreu uma explosão. O reator continha uma grande quantidade do elemento Césio-137, dotado de um grande poder radioativo. O alcance da nuvem de radiação foi 400 vezes maior que a das bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki. Cerca de 45 mil pessoas foram retiradas em estado de emergência máximo do local. Pripyat, a cidade próxima ao reator, ainda é fantasma e não deve ser visitada por carregar altos níveis de radiação até hoje.

7. Izu Islands, Japão

O sonho de muita gente é ter dinheiro para comprar ou morar em uma ilha. Se você conseguir esse feito, parabéns, mas não escolha a Izu Islands como moradia. O arquipélago é formado por ilhas vulcânicas localizadas em uma confluência de placas tectônicas. Ótimo, não? Mas não acaba por aí. Devido às atividades vulcânicas, o local apresenta um cheiro constante de gás enxofre que pode atingir níveis nocivos aos seres humanos. Por isso, todos habitantes têm que usar máscaras o tempo todo.

8. Cratera de Darvaz, Turcomenistão

A Porta do Inferno. Um local com esse nome não traz boas referências, certo? Mas é assim que a cratera de Darvaz, no Afeganistão, é apelidada. Na década de 70, cientistas da União Soviética perfuraram o local com a intenção de encontrar petróleo. Uma queda do solo fez com se descobrisse uma fonte de gases tóxicos que rapidamente chegaram à superfície. A solução encontrada foi atear fogo nos gases para queimá-los. Mais de 40 anos depois, lá estão as labaredas queimando.

9. Vulcões de lama do Azerbaijão

Imagine que você está andando tranquilamente e, de repente, um pedaço enorme de lama cai de centenas de metros de altitude na sua cabeça. Foi dessa forma que vários habitantes e ovelhas dessa região do Azerbaijão morreram. Os vulcões de lama também expelem grandes quantidades de metano. Uma faísca no local pode causar uma explosão.

10. Lago Fervente, Ilha de Dominica

Para você que gosta de passar as férias em termas naturais ou de tomar aquele banho que embaça o banheiro inteiro aqui é o lugar ideal. Ou não. A água do Lago Fervente chega aos 90°C na margem e para chegar perto, é preciso passar por uma série de pedras escorregadias. Nem é preciso dizer que sua visitação é permitida apena de longe.

 

 

Artigos Recomendados