Ele não queria ficar com o cão quando sua filha nasceu

Esta é uma linda história sobre a relação especial entre um Pitbull/Labrador e uma menina.

 

Tudo começou com Zack, um cachorro metade Labrador e metade Pitbull que odiava o marido da sua dona. Quando a filha do casal nasceu, o homem, que tinha um outro cachorro chamado Sam, disse à sua esposa que caso Zack demonstrasse qualquer perigo ao bebê, o cachorro teria que ir embora. Mas no dia em que o bebê nasceu tudo correu maravilhosamente. Os dois cães farejaram o bebê desde quando ela chegou do hospital, e eles não paravam de mexer seus rabos, especialmente Zack que a lambia o tempo todo. Não havia qualquer sinal de agressividade.

 

Depois daquele momento, o “Pitbrador” se tornou o guardião oficial da menina e a seguia em todos os lugares.

Desde o primeiro dia, Zack ficou ao lado da cama do bebê. Os pais disseram que ele sabia o momento exato de dormir e esperava para se deitar ao lado dela.

 

Infelizmente, Zack se intoxicou com as sobras de lixo.

Foi um momento triste para a família, especialmente para a menina que tinha de dizer adeus ao seu guardião fiel. Na noite em que Zack faleceu, a menina foi para o quarto, mas o cachorro não estava mais lá. Os pais perceberam que aquela foi a primeira noite que ela iria dormir sozinha em cinco anos.

 

Os pais, preocupados com a reação da menina, queriam confortá-la. Mas, naquele momento, o outro cachorro, Sam, correu para o lado da menina e foi para o quarto com ela. Desde aquela noite até a sua morte 6 anos depois, Sam dormiu com a menina da mesma forma que Zack fez durante anos.

 

Outra história surpreendente que demonstra o amor incondicional e lealdade de animais e crianças.

Artigos Recomendados