11 achados que transformaram gente comum em milionários

Às vezes, em meio a toneladas de coisas sem valor ou numa loja de produtos usados, é possível encontrar artigos surpreendentes e que valem uma fortuna. E enquanto os caçadores de tesouros percorrem o mundo em busca de peças valiosas, tem quem as encontre totalmente por acaso.

11. Pôster de filme

Num mercado da cidade de Summerville, nos EUA, Laura Stouffer comprou uma cópia de um pôster de filme antigo. Já em casa, resolveu separar da imagem a base de papelão que havia por trás. E dentro dela, havia um pôster do filme "Sem Novidade no Front", avaliado em 20 mil dólares.

10. Relógio vintage Jaeger-LeCoultre

Numa pequena loja de Phoenix, também nos Estados Unidos, Zach Norris encontrou um raro relógio vintage Jaeger-LeCoultre, fabricado em 1959 e custando apenas 6 dólares. Depois, o homem vendeu a peça por 35 mil dólares.

9. Cartão de beisebol

 

A senhora Bernice Callego, ao limpar sua casa, encontrou uma antiga foto de um time de beisebol. A idosa resolveu colocá-la à venda no eBay, sob preço inicial de 10 dólares. Quando a autenticidade do cartão foi comprovada, Bernice embolsou nada menos que 75 mil dólares.

8. Tesouro de Hertfordshire

Enquanto alguns passam anos em busca de tesouro sem encontrá-los, outros tiram a sorte grande. O britânico Wesley Carrington comprou um detector de metais simples e, no primeiro dia de buscas, encontrou 55 moedas romanas de ouro na floresta de St. Albans, em Hertfordshire, Inglaterra. O tesouro foi avaliado em 260 mil dólares.

7. Quadro "Magnólias no veludo do ouro "

Um morador do estado norte-americano de Indiana comprou um quadro para cobrir um buraco na parede. Alguns anos depois, durante uma partida de um jogo de tabuleiro, ele encontrou um cartão que mostrava uma obra muito parecida. Depois de consultar um especialista, o sortudo descobriu que era dono de uma pintura pouco conhecida feita por Martin Johnson Heade (famoso pintor americano), avaliada em 1,2 milhão de dólares.

6. "Vaso com papoulas vermelhas" de Van Gogh

 

Um casal de Wisconsin comprou uma cópia do quadro "Vaso com papoulas vermelhas, de Van Gogh. Mas a reprodução era tão boa que despertou a curiosidade dos donos, que levaram a peça a um avaliador. Eles acabaram descobrindo que tinham comprado o original, pintado em 1886, e que valia 1,4 milhão de dólares.

5. Moeda de 1974

Robert Lawrence herdou de seu pai uma caixa com uma coleção de moedas. Uma delas, de 1974, foi avaliada inicialmente em 300 dólares. Só que, quando descobriram que a peça era feita em alumínio, seu valor saltou para 2 milhões de dólares. Tudo porque só 10 delas foram produzidas, e acreditava-se que todas tinham sido destruídas.

4. Uísque de 1917

 

Em seu sótão, Bryan Fite encontrou um esconderijo com 13 garrafas de uísque fabricado em 1917. Especialistas avaliaram o "tesouro" em 2,6 milhões de dólares, mas Fite declarou que não venderia os valiosos exemplares. Ele resolveu guardar as bebidas para consumi-las com os amigos quando elas fizessem 100 anos. A festa deve ter sido muito boa!

3. Boneco encomendado por Nicolau II

George e Betty Davis, de Nova York, faziam uma faxina em seu sótão quando encontraram uma peça que parecia valiosa. Era simplesmente uma obra de Fabergé, encomendada pelo imperador russo Nicolau II. O boneco foi vendido num leilão, alcançando a marca de 5,2 milhões de dólares.

2. Pérola única

 

Um pescador filipino atracou perto de um penhasco na ilha de Palawan. Ao puxar a âncora, ele encontrou um molusco enorme que trazia em seu interior uma pérola que pesava... 34 quilos! O homem guardou o tesouro embaixo de sua cama por 10 anos, até que sua casa pegou fogo. Hoje, a pérola gigante é avaliada em 35 milhões de dólares.

1. Ações da Coca-Cola

Numa loja de artigos usados, Tony Marohn pagou 5 dólares por uma caixa com papéis, mas levou para casa uma verdadeira fortuna: entre os papéis, havia uma fatura de 1625 ações da Palmer Union Oil. Atualmente, estas ações equivalem a 1,8 milhões de ações da Coca-Cola, valendo a bagatela de 130 milhões de dólares. A Coca Cola não reconhece esse valor e a questão foi parar na Justiça.

Artigos Recomendados