Mulher tenta capturar ratos utilizando caixa, mas acaba capturando família de gatinhos

Megan Sorbara nunca sabe o que esperar quando abre uma caixa no abrigo.

 

Porém, hoje em dia, é mais que provável que seja algo relacionado a gatinhos.

“É uma temporada vitaminada de gatinhos”, disse Sorbara, presidente da  ao iHeartCats.

Na verdade, nos dias de hoje, a instituição de resgate da Flórida tem acolhido tantos gatinhos, que acabaram ficando lotados – fazendo, inclusive, um apelo público para conseguirem ajuda para cuidar de todos eles.

Porém, mesmo o abrigo estando bem cheio, os funcionários não puderam simplesmente dar as costas para uma simples caixa marrom que uma mulher deixou na porta deles.

 

Assim que Sorbara viu a caixa, lacrada com fita e com buracos nas laterais, ela teve aquela velha sensação familiar de que se tratava de – err, gatinhos.

Mais gatinhos.

 

“Eles eram igual a pipoca, todos os 5 começaram a saltar ao mesmo tempo”, diz ela.

 

E no centro daquele amontoado de fofura, estava a própria mãe.

“A mãe é uma fofa e muito pequena e jovem”, diz Sorbara.

 

A mulher que deixou a caixa no abrigo disse que estava tentando capturar humanamente algumas ratazanas, roedores que podem alcançar proporções epidêmicas em algumas partes da Flórida.

No dia seguinte, quando conferiu a armadilha, ao invés de encontrar roedores, ela encontrou um par de gatinhos. Famintos, eles provavelmente sentiram o cheiro da isca e acionaram a placa de pressão, que fechou a caixa.

Levou outra semana para capturar o restante da família – cinco gatinhos e a mãe.

 

“Já estamos lotados, mas a moça me disse que eles haviam sido rejeitados pela sociedade humanitário e ela não queria levá-los ao abrigo de admissão aberta, explica Sorbara. “Eu também não queria que ela os abandonasse, então acabamos acolhendo eles”.

 

“Levamos eles para dentro do abrigo e tiramos um pouco da fita, e de dentro da caixa, surgiram lindos gatinhos calico e brancos”, acrescenta ela.

E então, um após o outro – pum, pum, pum – o resto da família saltou da caixa e foi parar exatamente nas mãos certas.

 

A  planeja cuidar da família até os bebês estarem fortes e saudáveis. Depois, tentarão encontrar-lhes lares permanentes para chamarem de seus.

Artigos Recomendados