Gato de abrigo de 13 anos fica felicíssimo ao ser adotado. Algo lindo acontece depois…

12/10/2017

Uma jovem decidiu dar uma chance a um gato de abrigo de 13 anos. Ele ficou tão feliz, que queria ser abraçado por sua mãe humana por horas e horas, e não queria largá-la.

 

Conheça Jamie, o gato Burmese!

“Ele quer que eu segure a pata dele enquanto ele dorme. Se eu solto, ele acorda, mia coloca minha mão de volta sobre ele. Eu acho que já criamos um laço”. – Sarah

Quando Sarah Dempsey encontrou Jamie na RSPCA (Austrália), o velho felino Brumese estava dormindo, mas assim que ela se curvou para olhá-lo, ele acordou e fez uma linha direta com ela.

“Ele claramente queria uns carinhos, então eu passei minha mão pelo espaço do compartimento e ele me deu cabeçadas e ronronou”, disse Sarah ao Love Meow.

Jamie foi entregue ao abrigo em Novembro, porque seu dono idoso estava indo para um lar de idosos. O abrigo castrou o animal, removeu seus dentes podres e tratou de sua gripe felina e de seu problema nos rins.

O doce ruivinho estava tendo dificuldades para encontrar um lar devido à sua idade e problemas de saúde, até que ele conheceu Sarah…

Sarah encontrou o gato chamado Jamie, de 13 anos, no abrigo. Ele ficou extasiado em conhecê-la.

A equipe do abrigo deixou o querido Jamie sair para encontrar sua amiga humana. O gatinho imediatamente deu muito carinho. “(Ele) imediatamente me deu cabeçadas e se esfregou em minhas pernas, e até me deixou pegá-lo e se enrolou em meus braços”, disse Sarah ao Love Meow.

 

Naquele momento ela soube que havia sido escolhida.

Jamie a caminho de seu amoroso eterno!

“Ele não sai do meu lado. É extremamente afetuoso, faz carinho com a cabeça e trança ao redor das minhas pernas”.

Desde que chegou em seu novo lar, Jamie tem distribuído amor e carinho à sua mãe humana, dizendo a ela o tempo todo o quanto é grato por ter um lar amoroso para passar sua velhice.

Eles são a combinação perfeita!

“Eu sabia que ele me salvaria da solidão, e eu fiz o mesmo por ele”, disse Sarah ao Love Meow.

 

Apesar da sua idade, Jamie ama brincar com os brinquedos, com sua mãe gato e ainda tem a alma de um filhote. Mas o que ele mais ama é a hora de se aconchegar ao lado de sua eterna humana.

“Ele está se ajustando bem. Ele gosta de falar comigo de novo e me segue pelo apartamento”.

“Jamie precisa de uma dieta especial e também tem problemas de saúde, mas ele é muito amável. Sinto-me bem sabendo que estou dando a ele uma vida feliz e confortável, pelo tempo que ele ainda tem.

“Gosto de pensar que ele passou a juventude amando uma pessoa idosa, e, agora que ele é idoso, uma pessoa mais jovem amará e tomará conta dele”.

Compartilhe essa história com seus amigos e ajude outros gatos seniores do seu abrigo local a encontrarem um lar amoroso eterno.